I Reunião Internacional de História da Náutica - Índice

Publicado por Paulo Monteiro em

Os tesouros que passam pelos alfarrabistas são numerosos, mas se nas áreas da bibliofilia, da literatura e das humanidades eles são sobejamente conhecidos, estudados e inventariados, nas áreas das ciências tal não acontece com a mesma regularidade. Em parte, isso pode dever-se à revisibilidade que com especial incidência caracteriza o conhecimento científico e foi tornando inviável o estudo apurado daquilo que fizeram os investigadores do passado.

Embora as novas tecnologias tenham resolvido a questão no que respeita à indexação das publicações mais recentes ou internacionalmente mais relevantes, muito continua por fazer nas áreas da ciência mais especializadas e nos países periféricos, como é o caso de Portugal. Acontece, por isso, passarem-nos regularmente pelas mãos peças de inegável interesse cujos conteúdos se encontram por catalogar ou, pelo menos, divulgar com maior amplidão. Poderá ser o caso da publicação a que desta volta resolvemos dar destaque e cujo índice seguidamente apresentamos.

DISCURSOS E COMUNICAÇÕES. Universidade de Coimbra. Estudos de Cartografia Antigo. 1970. 19,5x27,5 cm. 614-II págs. B.

Encontram-se reunidos nesta obra os discursos e comunicações proferidas na I Reunião Internacional de História da Náutica, realizada em 23 e 26 de Outubro 1968.

Sessão Inaugural

  • Discurso do Prof. Doutor J.M. Cotelo Neiva, Director da Faculdade de Ciências da Universidade de Coimbra, p. 1.
  • Discurso do Prof. Doutor Armando Cortesão, Director da Secção de Coimbra do Agrupamento de Estudos de Cartografia Antiga, p. 4.
  • Discurso do Engenheiro Carlos Krus Abecassis, Presidente da Junta de Investigação do Ultramar, p. 8.

Primeira Sessão

  • L’astronomie dans la Péninsule Ibérique a la fin du Moyen Âge, por Guy Beaujouan, seguida do resumo da discussão que concluiu a respectiva apresentação, p. 13.
  • Les conditions de la navigation astronomique au XVe siècle, por Emmanuel Poulle, seguida do resumo da discussão que concluiu a respectiva apresentação, p. 33.
  • The 'Quarti Partitu en Cosmographia' by Alonso de Chaves - An interpretation, por Ursula Lamb (Yale University), seguida do resumo da discussão que concluiu a respectiva apresentação, p. 51.
  • O carácter experimental da Carreira da Índia -- Um plano de João Pereira Dantas, com fortificação da África do Sul (1556), por Maria Emília Madeira H. dos Santos, seguido da transcrição de “Apontamentos que fez João pereira damtas por mandado del Rey Dom João terceiro no anno de 1556”, um Apêndice Documental com a transcrição de quatro outros documentos relacionados com o tema em estudo, uma lista de Fontes e Bibliografia, além do resumo da discussão que concluiu a respectiva apresentação, p. 59.

Segunda Sessão

  • Medieval scientific instruments and the development of navigational instruments in the XVth and XVIth centuries, por Francis Maddison, incluindo 56 gravuras e reproduções fotográficas de instrumentos medievais de navegação, bem como de documentos e personalidades com eles relacionados, seguida do resumo da discussão que concluiu a respectiva apresentação, p. 115.
  • How did the navigator determine the speed of his ship and the distance run?, por Ernst Crone, seguida do resumo da discussão que concluiu a respectiva apresentação, p. 173.
  • Deux astrolabes nautiques inédits de J. et A. De Goes, Lisbonne, 1608, 1648, por Marcel Destombes, incluindo um anexo Liste des astrolabes nautiques portugais des XVIe et XVIIe siècles, bem como as reproduções fotográficas de dois deles e seguida do resumo da discussão que concluiu a respectiva apresentação, p. 189.

Terceira Sessão

  • Evolução dos roteiros portugueses durante o século XVI, por Teixeira da Mota, seguida do resumo da discussão que concluiu a respectiva apresentação, p. 201.
  • Lucas Jansz. Waghenaer e o conhecimento náutico das costas de Portugal no séc. XVI, por Gabriel Mendes, seguida do resumo da discussão que concluiu a respectiva apresentação, p. 229.
  • Representation of unknown lands in XIV-, XV- and XVI-century cartography, por Wilcomb E. Washburn, seguida do resumo da discussão que concluiu a respectiva apresentação, p. 305.
  • The navigational theory of the arabs in the fifteenth and sixteenth centuries, por G.R. Tibbets, seguida do resumo da discussão que concluiu a respectiva apresentação, p. 323.

Quarta Sessão

  • The Iberian bases of the English art of navigation in the sixteenth century, por David Waters, seguida do resumo da discussão que concluiu a respectiva apresentação, p. 347.
  • O traçado das naus e galeões portugueses de 1550-80 a 1640, por João da Gama Pimentel Barata, incluindo 12 gravuras e uma Bibliografia e seguida do resumo da discussão que concluiu a respectiva apresentação, p. 365.
  • O caíque do Algarve e a caravela portuguesa, por Octávio Lixa Figueiras e Alfredo Barroca, incluindo seis páginas em extratexto com reproduções de gravuras, um desdobrável com vistas e planos do caíque do Algarve, um resumo da discussão que concluiu a respectiva apresentação e uma Bibliografia, p. 405.

  • O navio “São Gabriel” e as naus manuelinas, por Jaime Martins Barata, incluindo dois desdobráveis em extratexto com reproduções de naus e navios portugueses dos séculos XV e XVI, seguida do resumo da discussão que concluiu a respectiva apresentação, p. 443.

Quinta Sessão

  • Pizzigano’s chart of 1424, por Armando Cortesão, incluindo um extratexto com a reprodução do mapa de Pizzigano e seguida do resumo da discussão que concluiu a respectiva apresentação, p. 477.
  • The seaman and the printer, por R.A. Skelton, seguida do resumo da discussão que concluiu a respectiva apresentação, p. 493.
  • Une carte inédite de Diogo Homem, circa 1566, por Marcel Destombes, incluindo duas páginas em extratexto com reproduções do mapa de Diogo Homem e seguida do resumo da discussão que concluiu a respectiva apresentação, p. 503.
  • A Portuguese chart of 1492 by Jorge Aguiar, por O. Vietor, incluindo um desdobrável com o mapa de Jorge Aguiar e seguida do resumo da discussão que concluiu a respectiva apresentação, p. 515.
  • Um roteiro apócrifo do Estreito de Magalhães -- tentativa de identificação da autoria, por Max Justo Guedes, incluindo quatro páginas em extratexto com reproduções do mapa em causa e de dois outros mapas do Estreito de Magalhães, seguida do resumo da discussão que concluiu a respectiva apresentação, p. 517.

Sexta Sessão

  • Contribuição das navegações do séc. XVI para o conhecimento do magnetismo terrestre, por Luís de Albuquerque, incluindo em extratexto a reprodução de uma carta de Pero Anes ao rei D. Manuel, seguida do resumo da discussão que concluiu a respectiva apresentação, p. 533.
    • The impact of the voyages of discovery on Portuguese humanist literature, por R. Hooykaas, seguida do resumo da discussão que concluiu a respectiva apresentação, p. 551.
    • Proposta de terminologia náutica internacional uniforme, em língua portuguesa, por Francis M. Rogers, p. 565.
    • Interpretación de los vestigios del uso de un metodo de navigación preastronomica en el Atlantico, por Rolando Laguarda Trias, seguida do resumo da discussão que concluiu a respectiva apresentação, p. 569.
    • O “propositado” encurtamento da largura do Atlântico nas cartas portuguesas do século XVI, por Joaquim Rebelo Vaz Monteiro, seguida do resumo da discussão que concluiu a respectiva apresentação, p. 595.

    Sessão de encerramento

    • Relatório do Secretário da Reunião, o Prof. Doutor Luís de Albuquerque, p. 603.
    • Discurso do Prof. Doutor Manuel Lopes de Almeida, da Comissão Executiva do V Centenário do Nascimento de Pedro Álvares Cabral, p. 606.
    • Discurso de Encerramento do Prof. António Jorge Andrade de Gouveia, Reitor da Universidade de Coimbra, p. 608.
    SaveSaveSaveSaveSaveSave

    Compartilhe esta publicação



    ← Publicação anterior Publicação seguinte →


    0 comentários

    Deixe um comentário

    Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados.