TELMO O AVENTUREIRO - Loja da In-Libris

TELMO O AVENTUREIRO

20459-L2
  • 23,00 €


SELVAGEM (Carlos).— TELMO O AVENTUREIRO. Teatro. Peça em 3 actos. Edições Europa. Lisboa. 1937. 12,5x19 cm. 165-IX págs. B.

“(...) Cêrca de dez anos levo já contados ao serviço do Ultramar. Em pas e em guerra, como funcionário e como soldado, deveres oficiais de vária ordem me fizeram calcorrear muitos milhares de léguas do interior africano, nas duas colónias de Moçambique e  Angola.  (...) Telmo, o Aventureiro é, pois, um drama na clássica e antiga acepção do têrmo — a luta da fatalidade interior do homem contra a fatalidade exterior. Não cabe aí a simples anedota pitoresca da aventura colonial nem o mero ressaibo picante das aventuras exóticas em países exóticos. (...) Assim se pretendeu apenas perscrutar o que há de palpitantemente humano no tremendo esfôrço da nossa gente em terras de África, a fé oculta, a indómita energia que faz de cada humilde cavador um iluminado e um soldado, obreiro obscuro da vida colectiva (...)”.— retirado da Nota final.

Capas da brochura com manchas de acidez, próprias do papel tendo a capa traseira uma pequena falha de papel. Pequena rubrica de posse no canto superior esquerdo da página 100.