SOB OS SIGNOS DE AGORA

SOB OS SIGNOS DE AGORA

20120-L2


NEMÉSIO (Vitorino).— SOB OS SIGNOS DE AGORA. Temas Portugueses e Brasileiros. Coimbra. Imprensa da Universidade. 1932. 12x19 cm. XI-I-356-II págs. B.

“Sob os Signos de Agora, do meu transe pessoal aos trinta anos, vai êste livro fazer a viagem à roda do meu quarto de todos os impressos portugueses. Nêle fracassaram, sob a forma ensaística que o jornal às vezes comprimia até uma espécie de equivalência em prosa do soneto, alguns temas urdidos mentalmente no decorrer de leituras. Tem por isso, na ordem ideada, a frescura das coisas que não repassaram todo o espírito, e ficará como roteiro de uma sensibilidade lírica, — demasiado lírica! — no momento em que começava a tentar a volta da cultura (...)”.

Do índice: Sob  os Signos de Agora; A Terceira durante a Regência; Ideologia Romântica; O Erotismo de João de Deus;  La Littérature Portuguaise;  O Açoriano e os Açores; o Marrano, o Solitário; o Monge e o Pessimista;  A Terra e a Grei; Civismo e Política; Raúl Brandão, Íntimo; Do Mar ao Livro; Da Universal Inquietude; O Amago do Brasil.

Pequena rubrica de posse no canto superior esquerdo da página 100.