MEMÓRIAS DE PEYROTEO

10942-L1


PEYROTEO (Fernando).— MEMÓRIAS DE PEYROTEO. (Editor e Distribuidor: Fernando Peyroteo). Lisboa. 1957. 15,5x21,5 cm. 391-I págs. B.

Do prefácio de Cândido Oliveira: ”Fernando Peyroteo foi, sem dúvida, o nosso mais extraordinário avançado-centro.(...) A figura de Peyroteo, como futebolista e, mais, como homem de desporto, não sai diminuida sob qualquer aspecto deste seu esplêndido livro que, estamos certo, constituirá o que, em síntese, costuma chamar-se um autêntico êxito de livraria. Em resumo: a leitura deste curioso e valioso livro de memórias de Fernando Peyroteo há-de contribuir para se perceber melhor a sua figura de avançado-centro de classe excepcional, as suas ideias pessoais sobre o jogo, os casos e os homens do futebol e, mais ainda, há-de fazer compreender que, realmente, há motivo para deplorar que ele não tivesse prolongado a sua portentosa carreira de jogador até ao limite das suas magníficas e invulgares faculdades futebolísticas! (...)".

Primeira e rara edição deste livro de memórias autobiográficas Fernando Peyroteo que juntamente com com Albano, António Jesus Correia, José Travassos e Vasques, formaram os famosos Cinco Violinos do Sporting Clube de Portugal.