PROBLEMA DAS CARQUEJEIRAS DO PORTO (O)

PROBLEMA DAS CARQUEJEIRAS DO PORTO (O)

20047-B1


O PROBLEMA DAS CARQUEJEIRAS DO PORTO E como a Liga de Profilaxia Social tem procurado resolvê-lo. 1951. Imprensa Social. Porto. 12x18 cm. 53-III págs. B.

“Desde 1928 que a Liga Portuguesa de Profilaxia Social se vem esforçando por resolver o problema das pobres mulheres que, desde a beira-rio até às partes altas da cidade, calcurriam quilómetros vergadas sob enormes fardos de carqueja, para no fim receberem uma paga de miséria que mal lhes chega para o dessorado caldo de couves com que enganam a fome. É um triste e vergonhoso espectáculo, tanto do ponto de vista humano como sob o aspecto citadino, ou mesmo nacional, ver essas desgraçadas, esquálidas e em farrapos, atravessar em fila, semi-ocultas nos próprios fardos que carregam, as ruas animadas duma cidade que se preza de cristã e civilizada — a Capital do Norte, a segunda cidade do País. (...).”

Ilustrado em folhas intercaladas no texto.