PORTO: DA CIDADE E DA GENTE

PORTO: DA CIDADE E DA GENTE

15244-L2
  • 30,00 €


PACHECO (Helder).— PORTO: DA CIDADE E DA GENTE. Edições Afrontamento. (2003). 21x26 cm. 240-VI págs. E.

“`Maneira de um Prólogo (ou de como um poema, sem falar do Porto, diz tudo o que me vai na alma sobre esta cidade): Não me perguntem porque fico: não saberia responder. Vozes ocultas segredam-me palavras que me obrigam a permanecer. Nem queiram saber por que razão de agarro tanto às coisas aparentes e olho tudo com o mesmo amor aureolado de auroras quentes. Eu próprio ignoro a causa desta minha sujeição. Trago a seiva dos troncos no meu corpo e, com eles, estou preso ao chão. (poema de Albano Martins, em Secura Verde, 1950)”.

Obra profusamente ilustrada.

Encadernação dos editores.