PEDRO FEUDO-TIROU

PEDRO FEUDO-TIROU

16672-B1
  • 40,00 €


AZEVEDO (Narciso de).— PEDRO FEUDO-TIROU. Gesta da gente popular ou história e lenda dum portuense do século XIII. Edição da Livraria Fernando Machado. Pôrto. MCMXXXV. 15x21,5 cm. 140-IV págs. B.

“(...) A poesia é a infância da História. Os feitos primitivos dos povos eternizaram-se nas suas poéticas lendas. Com o correr dos tempos o espírito científico mumificou a História, reduzindo-a a uma glacial e estéril indicação de factos. Para a ressuscitar tinha de operar-se um milagre. A Arte foi o desejado milagre da ressurreição: a História reanimou-se em beleza, alcançando inspiração e a grandeza da Lenda, que lhe tinha dado origem. E com êste divino milagre da Arte, a História tornou-se tão bela como a Lenda, a sua tão antiga e sempre moça avó” — retirado  (Do livro Nas Bôcas do Mundo).

Peça da bibliografia portuense, ilustrada com estampas que reproduzem páginas de documentos medievais.

Capa da brochura com alguma sujidade. Miolo limpo.