Loja da In-Libris

ZARGUEIDA, DESCOBRIMENTO DA ILHA DA MADEIRA

15157-B1

VASCONCELLOS ( Francisco de Paula Medina e).— ZARGUEIDA, DESCOBRIMENTO DA ILHA DA MADEIRA, POEMA HEROICO, Dedicado ao Illustrissimo, e Excellentissimo Senhor CONDE DE VILLA VERDE (...) Por seu author... Lisboa. M. DCCCVI. Na Of. de Simão Thaddeo Ferreira. 9,5x15 cm. 254 págs. E.

“Emprehender hum Poema Epico no Seculo XIX, em que as Luzes, e os Exemplos são tão capazes de intimidar, como de esclarecer, fôra sempre huma grande animozidade, ainda quando este se não ordenasse, e compozesse no curto espaço de quatro mezes. Deve-se porém este Milagre á Gratidão, e á Justiça. Animado, e suggerido pelo Espirito Energico, e Patriotico do Ex.mo D. José Manoel da Camara, em 1802, Governador, e Capitão General da Ilha da Madeira, minha Patria, entrei nesta Grande Empreza mais para lhe dar satisfação, e prazer, do que por fiar de minhas forças tão difficil desempenho (...)” — retirado do Prologo.

Primeira edição deste texto poético considerado a mais importante obra literária madeirense, antecedido por dois sonetos, que enquadram o poema no ambiente literário da época: um do autor Ao senhor Manuel Maria Barbosa du Bocage, e outro, a Resposta ao Soneto antecedente, por Bocage.

Obra de invulgar aparecimento no mercado.

Encadernação da época em inteira de pele apresentando algum desgaste particularmente na lombada. Carimbo a óleo na pagina 117, sem prejuízo do texto.

Liquid error: Could not find asset snippets/punchtab-snippet.liquid