UMA MÃO CHEIA DE NADA OUTRA DE COISA NENHUMA

UMA MÃO CHEIA DE NADA OUTRA DE COISA NENHUMA

07254-L2
  • 25,00 €


LISBOA (Irene) .- UMA MÃE CHEIA DE NADA OUTRA DE COISA NENHUMA. Livraria Figueirinhas. Porto (1973). 15x20,5 cm. 155-III págs. B.

Uma escrita maravilhosa de Irene Lisboa, o desenho gráfico da responsabilidade de Pitum ​​Keil do Amaral e o arranjo gráfico da responsabilidade de Armando Alves.
Segunda edição da obra que foi lançada pela primeira vez em 1955.