ÚLTIMOS VERSOS (Eugénio de Castro)

11592-L2
  • 25,00 €


CASTRO (Eugénio de).— ÚLTIMOS VERSOS. 1938. Livraria Bertrand. Lisboa. 12,5x18,5 cm. 102 págs. E.

Primeira edição deste livro consagrado à memória de dois entes queridos, como o autor nos elucida na abertura: “No dia 29 de Junho de 1930, morreu minha adorada neta Zèzinha, e onze dias depois, a 10 de Julho do mesmo ano, morria a mãi dela, que era a minha também adorada filha Violante, Viscondessa das Mercês, pelo seu casamento. à puríssima memória de ambas consagro estes versos, que escrevi regando-os com as mais amargas lágrimas da minha vida”.

Encadernação com lombada em pele, decorada a ouro. Preserva as capas da brochura.