Traços do extremo oriente - Wenceslau de Morais

Traços do extremo oriente - Wenceslau de Morais

17119-L2
  • 40,00 €


MORAES (Wenceslau de).— TRAÇOS DO EXTREMO ORIENTE. Siam — China — Japão. Com um prefácio de Ângelo Pereira e Oldemiro César. 2ª edição. 1946. Deposito: Livraria Barateira. Lisboa. 15x23 cm.  VI-XI-265-Vpágs. B.

“Esgotada ha muito a primeira edição dêste volume, o primeiro do seu ilustre autor, aparecida no ano já longínquo de 1895, lançada a público por intermédio da Parceria António Maria Pereira, de Lisboa, e iniciativa amiga de Vicente Almeida d’Eça, a quem foi carinhosamente dedicada em preito de reconhecimento do estreante em livro, surge agora a segunda, cinquenta e um anos — meio século! — volvidos sôbre a publicação anterior, o que é bem expressivo quanto à deliciosa blague do culto das letras no nosso país... Colectânea de artigos publicados no velho jornal lisboeta Correio da Manhã, que Manuel Pinheiro Chagas dirigia, sob um pseudónimo banal, a êle próprio lograram, supondo-os magníficos e escrupulosas traduções de Pierre Loti, o que era o maior elogio que voz particularmente autorizada podia fazer-lhes. Todos êles são interessantíssimos como primeiras impressões daquêle que, principiando a deixar-se prender pela misteriosa sedução do Extremo-Oriente, ali deveria fixar-se de vez e sofrer novas desilusões (...)”. — retirado do Prefácio à 2ª edição.

Com um retrato do autor impresso em separado.

Por abrir.