SAIBAM QUANTOS...

SAIBAM QUANTOS...

14579-B1
  • 20,00 €


ALMEIDA (Fialho de).— SAIBAM QUANTOS... (Cartas e artigos politicos). 3ª edição. 1920. Lisboa. Livraria Clássica Editora de A. M. Teixeira. 11,5x19 cm. 269-III págs. B.

“Um mez depois de proclamada a Republica, a situação política não parece tão assegurada, nem tão certa a liberdade moral dos cidadãos, como a princípio promettiam os discursos dos ministros e o porta-voz optimista das suas gazetas. Alguma coisa desandou na alma altruista dos salvadores da patria (chamemos-lhe assim, por emquanto), uma vez adquirida a certeza de que pela liquidação infame dos partidos monarchicos, não mais será possivel a volta da monarchia; e esse alguma coisa teria apeado o Conselho dos seus primeiros propositos de concordia, e ter-lhe-hia acerbado na consciência, agora um, ao depois outro, certos sinistros propositos de vingança (...)”.

Obra relevante para a história da implantação da República.

Assinatura de posse, antiga, no frontispício.