REMA SEMPRE

REMA SEMPRE

20557-L2
  • 15,00 €


OLIVEIRA (Lopes d’).— REMA SEMPRE!. Memórias, Crítica, Paisagem. Edições Cosmos. Lisboa. (1940). 12,5x19 cm.  VIII-247-I págs. B.

“(...) Quási meio século... Inscrevendo esta divisa de meu pai — Rema Sempre! — na portada dêste livro, encontro uma doce consolação: de evocar a sua memória, seguindo o exemplo da sua inquebrantável tenacidade, da sua invencível esperança...”— retirado da (Nota do autor)

Referências a grandes escritores portugueses entre os quais Camilo, Junqueiro, Eça, Ramalho, Aquilino, etc.

Pequena rubrica de posse no canto superior esquerdo da página 100