RELATÓRIO DO COMISSÁRIO DE PORTUGAL NA EXPOSIÇÃO DE ANTUÉRPIA 1930

RELATÓRIO DO COMISSÁRIO DE PORTUGAL NA EXPOSIÇÃO DE ANTUÉRPIA 1930

10551-L2
  • 35,00 €


CORTESÃO (Armando Zuzarte).— RELATÓRIO DO COMISSÁRIO DE PORTUGAL NA EXPOSIÇÃO DE ANTUÉRPIA 1930. (Bertrand - Irmãos - Lta. 1931). 16,5x23 cm. 288-II págs. B.

“(...) Vai, pois, êste relatório ser o mais detalhado e completo possível, relatando não só o que foi a nossa participação na Exposição Internacional Colonial de Antuérpia, mas também várias considerações que a êste propósito as circunstâncias me sugerem e os ensinamentos que se podem colhêr do que nós fizemos e do que fizeram os outros (...)”.

Do índice: Decreto orgânico do Comissariado; Preâmbulo; I - Relatório cronológico; II - Considerações gerais sôbre a orientação a dar  à organização da participação portuguesa numa Exposição Internacional Colonial; III - Orientação dada à organização da Secção Portuguesa na Exposição Internacional de Antuérpia — 1930; IV - Descrição da Secção Portuguesa; V - Os vinhos portugueses na Secção Portuguesa da Exposição de Antuérpia; VI - Receitas, auxílios materiais e auxílios pessoais que o Comissariado teve; VII - Propaganda; VIII - Presentes oferecidos à Família Real da Bélgica; IX - Principais visitas que teve a Secção Portuguesa; X - Festas, Banquetes e ‘Jornadas Portuguesas’ (Representação); XI - Recompensas; XII - Outras manifestações portuguesas durante a Exposição de Antuérpia; XIII - Secretaria e Contabilidade; XIV - Vista geral sôbre a Exposição Internacional Colonial, Marítima e de Arte Flamenga de Antuérpia — 1930; XV - Conclusões; XVI - Algumas impressões da Imprensa Portuguesa e Estrangeira.

Profusamente ilustrada nas páginas de texto e em folhas à parte. De muito raro aparecimento no mercado.

Capa da brochura amarelecida.