REGRAS PARA A CULTURA DO MILHO NOS ALQUEIVES

REGRAS PARA A CULTURA DO MILHO NOS ALQUEIVES

11135-B1
  • 15,00 €


SEABRA (António Luís de).— REGRAS PARA A CULTURA DO MILHO NOS ALQUEIVES. Ministério da Economia. Direcção Geral dos Serviços Agrícolas. Serviço Editorial da Repartição de Estudos, Informação e Propaganda. 1944. 14x20 cm. 11-V págs. B.

“Dentro da orientação dada à Lavoura pela Governação, recomendando que se preparem com dobrada intensidade as culturas de primavera e as sementeiras do próximo outono, é chegada a oportunidade de exaltar a cultura do milho, de chamar as atenções para esta cultura que bem pode classificar-se de bendita, de verdadeiramente providencial. De facto, se a expansão da cultura do milho — o segundo cereal de Portugal — foi sempre de recomendar em tempos normais, pode afirmar-se que na presente emergência ela se tornou imperiosa, ou não fôssem os seus produtos indispensáveis à alimentação da nossa população e dos seus gados (...)”

Folheto de propaganda vindo a lume em plena II Guerra Mundial.

Capa de Ribeiro.