Recreação filosófica (Tomo V)

20784-B1
  • 75,00 €


ALMEIDA (Padre Teodoro d’).— RECREASAÕ FILOZOFICA, ou Dialogo Sobre a Filozofia Natural, para instrucção de pessoas curiosas, que não frequentáraõ as aulas. Tomo V.  Trata dos Brutos e das Plantas. Lisboa. Na Oficina de Miguel Rodrigues, Impres. do Emin. Senhor Cardeal Patriarca. Anno MDCCLIX. 11x16.5 cm. E.

“(...) A Filosofia pois, se attendemos ao nome, he amor da Sabedoria; e se ao que queremos em rigor significar por esta palavra, he o conhecimento da verdade adquirido pelo discurso. Tem diversos nomes as partes que se compõem, porque são mui diversas as verdades que declara. A parte que dirige os nossos actos de entendimento, chama-se Logica; a que encaminha os da vontade, Ethica; a que trata do Direito das gentes, Jurisprudência; a da sociedade dos povos. Politica. Quando se trata de Deos, chamão-lhe Theologia Natural, mas se falla dos Anjos, e demais espiritos, Pneumatologia; se falla da nossa alma, Psycologia: se de todo o corpo visivel, Fysica; se do corpo enfermo, Medicina; se das hervas, Botanica; se da dimensão dos corpos, Geometria; se dos Astros, Astronomia; se dos numeros, Arithmetica. emfim, por não tecer huma serie quase interminavel, se trata a Filosofia de tudo o que tem ser, em commum, e das razões abstractas, chamão-lhe Metafysica. Tão vasta he a Filosofia; (...)”.— retirado de capítulo Discurso Preliminar sobre a Istoria da Filozofia (Tomo I)

Quinto tomo dos dez que compõem esta obra didáctica, à boa maneira platónica, com diálogos entre discípulos e mestre, onde as matérias são aprendidas através da reflexão discursiva.

Das matérias, que se tratam neste tomo: Parte XXII - Dos Brutos em comum; Parte XXIII - Dos Insectos em comum; Parte XXIV - Das Partes dos Insectos; Parte XXV - Dos Insectos em particular; Parte XXVI - Das Aves; Parte XXVII - Dos Peixes, Mariscos, e Animais terrestres; Parte XXVIII - Das Arvores, Flores e Frutos..

Ilustrado, em folhas desdobráveis, com 5 estampas e belas figuras impressas.

Encadernação da época em inteira de pele da época,  apresentando desgaste, decorada a ouro e nervuras na lombada. Junto à cabeça a lombada encontra-se presa com fita-cola. Carminado em todos os cortes.