PRÍNCIPE SEM COROA

PRÍNCIPE SEM COROA

10303-L2
  • 15,00 €


AZEVEDO (A. da Silva d’).— PRÍNCIPE SEM COROA. Agência-Geral do Ultramar. Lisboa. 1963. 16x23 cm. 97-III págs. B.

Da conclusão: “(...) Entrementes, para se tornar o modelo de todos, ele, que vivera a vida trabalhosa do estudante, do marinheiro, do cadete, do operário, mau grado a História brade que logrou a ‘mayor auantagem de rrealeza’, também a esta finamente renunciou, até ir deitar-se em seu jazigo de silêncio, no Mosteiro da Batalha, onde costumam ir dormir para sempre os +Soldados Desconhecidos’!. Este foi D. Henrique, o Príncipe Exemplar. Este foi o Príncipe sem Coroa!”.

Plano e índice: I - Um Vulto dentro do Nevoeiro; II - Sinopse do Procénio Quatrocentista; III - O Príncipe Sem Coroa  1º Príncipe na Grandeza; 2º Príncipe no Pensamento; 3º Príncipe na Acção; 4º Príncipe, Flor da Cavalaria; 5º Príncipe no Coração; 6º Príncipe na Cristandade; 7º Príncipe Exemplar; IV - Notas e Anotações.