PORTO DA CIDADE INVENTADA

PORTO DA CIDADE INVENTADA

16692-B1
  • 20,00 €


PACHECO (Helder).— PORTO DA CIDADE INVENTADA. Edições Afrontamento. (2006). 21x25 cm. 235-IX págs. B.

“A cidade como se é o Porto como se nada tivesse mudado. (E, em certas ruas e sítios, por fora, de facto nada mudou). Mas refiro-me a nada ter mudado por dentro (de nós), nos afectos e memórias e na relação de amor unívoco que com ele mantemos. A cidade como se é possível porque inventada — entendi distintamente  significação de tal ideia. À boa maneira pragmática do Burgo, existe porque sim.” — retirado do texto da contra-capa.

Obra profusamente ilustrada nas páginas de texto.