SALVAMENTO DO DESERTAS DOS TRANSPORTES MARÍTIMOS DO ESTADO (O)

SALVAMENTO DO DESERTAS DOS TRANSPORTES MARÍTIMOS DO ESTADO (O)

16852-B1


BARATA (António Mendes).— O SALVAMENTO DO DESERTAS DOS TRANSPORTES MARÍTIMOS DO ESTADO. 1.ª edição. Lisboa. Emp. Tip. Rosa, Ltd. 1920. 14,5x22 cm. 64 págs. B.

Relato ilustrado com 66 fotos a preto e branco e diversos esquemas sobre o salvamento do navio Desertas, encalhado em 1916 no litoral de Ílhavo, que na época obteve ampla notoriedade no país.

Os trabalhos extremamente complexos para o salvamento deste cargueiro com 112,4 m de comprimento e 3689 toneladas brutas que antes da entrada de Portugal na I Guerra Mundial pertencera à Alemanha foram conduzidos pelo Eng. António Mendes Barata e envolveram a construção de um canal com mais de 900 m. Todos os passos da operação, que se prolongou por mais de três anos, são aqui exaustivamente descritos e documentados pelo autor.

Capa e lombada exibindo natural desgaste do tempo. Miolo em estado muito aceitável, a despeito dos cantos dobrados ao longo da primeira dezena de páginas.