Livro - NOTAS DO EXILIO

NOTAS DO EXÍLIO

12762-R-B1
  • 45,00 €


SAMPAIO [BRUNO] (José Pereira de).— NOTAS DO EXILIO. 1891-1893. Porto. Livraria Internacional de Ernesto Chardron. 1893. 11,5x18,5 cm.  XVI-347-III págs. E.

“Advertencia preambular, prefacio, prolegomeno, introito, ou como queiram chamar-lhe, manda a technica que aqui o escrevunhe. Pergunto-me, porém, para quê? Na humilhada volta, encontro-me, em verdade, com copains no cemiterio, com camaros de pé na escotilha do Brazil. Miseremente, com isto para o brochador. Ha — intima — que dizer da razão de similhantes folhas, que repôr, que corrigir. Missivas redigidas na dispersão despresada, seu destinatario, Heliodoro Salgado, correligionario, confrade, permittindo-me a recolheita para volume, despensal-as-hia de explicações importunas. A regra exige, todavia. Mas o meu anarchismo reage contra a regra. Porque, se eu fôsse um escriptor, apavorando-me, disciplinar-me-hia, na conducta confeccional, a critica inquietadora. Mas — feliz, infelizmente — eu não sou um homem de lettras, eu não quiz janmais ser outra coisa de que um homem de propaganda. Não sou um litterato, sou umsectario; sou jacobino, não su um esthetico (...)”.

Desta obra com memórias e recensão crítica de vários autores do século XIX, apenas saiu esta edição.

Do índice: Advertencia Preambular; I - Renan; II - Zola; III - Galdós; IV - Dostoiewsky; V - Bebel; VI - Deibler; VII - Liancourt; VIII - Ladevese; IX - Erasmus; X - Azevedo.

Encadernação da época com lombada em pele. Assinatura de posse, antiga, no frontispício.