MONOGRAFIA DE MATOSINHOS

MONOGRAFIA DE MATOSINHOS

04484-L2
  • 75,00 €


FELGUEIRAS (Guilherme).— MONOGRAFIA DE MATOSINHOS. (Lisboa. 1958). 21x25,5 cm. XIV-909-III págs. B.

“(...) Este minguado contributo, ceifado pacientemente na farta messe de cronistas e historiadores, e esmaltado de notas fragmentárias e dispersas que conseguimos coligir, não pretende impor como categóricos, concludentes ou invulneráveis, os pontos de vista do autor. (...) Sem menosprezar as raízes ancestrais mais pujantes da história local, procura esta resenha, ou melhor, recopilação de extractos, dar um fugidio e sintético panorama da actividade desenvolvida nos últimos anos neste glorioso e progressivo Concelho, condensar notícias dos factos de relevo mais salientes, focar a galeria dos seus homens de mais vincado prestígio, procurando manter sempre pela verdade o mais formal respeito. retende atenuar a distância que, mais de meio século de evolução, pôs entre a última e já citada Monographia, vinda a lume em 1899, e o leitor de hoje (...)”.

Trabalho monográfico de grande tomo e excelentemente elaborado, enriquecido com numerosas transcrições de documentos e ainda com muitas estampas impressas nas páginas de texto e em separado. Direcção gráfica de Luis Moita.

Do índice: Parte I - Origens; Parte II - Evolução do Concelho; Parte III - "Domus Municipalis"; Parte IV - A Região; Parte V - Demografia; Parte VI - Instrução, Religião e Arte; Parte VII - Saúde Pública. Assistência e Previdência. Aspecto Associativo; Parte VIII - Actividade Económica; Parte IX - O Porto de Leixões; Parte X - A Circulação; Parte XI - Turismo, Paisagem e Etnografia; Apêndice: Documentos adicionais.

Ilustrada em folhas à parte.