ILUSTRAÇÃO

13610-B1
  • 1.200,00 €


ILUSTRAÇÃO. Publicação quinzenal. Ano I (a Ano V). Direcção, Propriedade e Edição: Aillaud, Ldª. Lisboa. 1926-1930.  10 vols. 25x31 cm. E.

“A velha sentença arremessada algures com o entono de quem formula um axioma, segundo a qual a Europa acaba nos Pirineus, viria desmenti-la o aparecimento da Ilustração se é certo que — à semelhança de Cuvier que por uma vértebra reconstituía um exemplar zoológico desaparecido — podemos ajuisar da civilização dum povo por um dos seus aspectos expressivos. Não sorria o leitor que não nos tenta o prurido de arquitectar paradoxos. (...) A Ilustração surge, pois, sem receio de competições, que, de resto, seriam para desejar, neste campo que urge desbravar a poder de persistência, bom gôsto e mercê da coadjuvação de múltiplos elementos. Não poderiam ser melhores os que vão prestar à Ilustração a cooperação do seu talento, do seu saber e da sua arte. É, sobretudo, fiados no merecimento dessa colaboração, que a Ilustração teve a felicidade de se assegurar, que nos abalançamos a tôdas as canseiras e sacrifícios lançando a público esta revista que, de número para número, nos esforçaremos por tornar cada vez mais perfeita em tudo aquilo que directamente dependa do nosso esfôrço.”

Primeiros cinco, dos treze anos desta extraordinária revista, lançada em Janeiro de 1926, tendo como director, à data do seu lançamento, João da Cunha de Eça que se manteve em funções até Fevereiro de 1928, vindo depois a ser substituído por  João de Sousa Fonseca. Em 1931, a revista  anunciou uma “nova fase de orientação redactorial e gráfica” sendo a direcção assumida por António Ferro. Por força da guerra que lhe sonegou a matéria-prima – o papel couché – viria a deixar de ser publicada em Dezembro de 1939.

Luxuosamente impressa, na sua maioria, sobre papel couché, com centenas de reproduções fotográficas e reproduções de pinturas dos grandes mestres portugueses antigos e modernos.

Com um excepcional naipe de colaboradores, tais como: Afonso Lopes Vieira, Albino Forjaz Sampaio, André Brun, Antero de Figueiredo, António Sérgio, Armando Cortesão, Aquilino Ribeiro, António Correia d’Oliveira, Carlos Selvagem, Francisco Lacerda, Jaime Cortesão, João de Melo Breyner, Helena de Aragão, Stuart de Carvalhais, Fernando Bordallo Pinheiro, Martins Barata, Teixeira de Pascoaes, Raul Lino, Reinaldo dos Santos, Raul Brandão, Maria Fernades Costa, Emmerico Nunes, José Leite de Vsconcelos, entre muitos outros.

Encadernações do editor denotando uso.