GAROTO (O)

GAROTO (O)

07458-LL
  • 175,00 €


O GAROTO. Semanário de actualidades. Teatro - Cinema - Sport - Literatura - Poesia - Humorismo. Director e proprietário: Pedro Santos. Editor-chefe da redacção: Angelo Queiroz da Fonseca. Administrador: José Marques. Coimbra. 1930-1931. 25x34,5 cm. 20 números + suplementos. E em I vol.

“Como Garoto é o seu título, não precisaria de apresentação, se não fôsse praxe apresentar com maior ou menor dose de argumentos justificativos, jornal que se veja pela primeira vez a circular por êsse mundo. (...) O Garoto será bisbilhoteiro, irá a toda a parte, rindo e brincando com tudo e com todos sem descer a grosserias inuteis, afirmando assim a educação que recebeu. Prometemos que êle será um Garoto bem educado, disposto  a auxiliar todas as iniciativas de interesse geral e particularmente a todas as instituições de caridade, ás quais dedicará a sua melhor atenção. Da página “Garoto cinéfilo”, se encarregou pessoa competente e profundamente conhecedora da muda arte, correspondente em Portugal de varios e importantes jornais extrangeiros, podendo assim assegurar uma informação segura e oportuna de tudo o que a esta especialidade diz respeito. Um conhecido, sensato e competente desportista de Coimbra, se encarregou da página “Garoto Sportivo”, onde publicaremos crónicas, críticas e todo o noticiário que a todos os ramos de sport possam interessar. “O Garoto na Figueira” é uma secção do nosso brilhante e ilustre correspondente naquela cidade, onde fixará, gracejando, os vários aspectos da vida citadina e as garotices do burgo. (...)”
Publicou-se apenas este primeiro ano de 18 de julho de 1930 a 23 de Maio de 1931 (data do suplemento ao nº20).
Impresso em papel de cor.

Encadernação modesta. Por erro de encadernação os números 1 e 2 encontram-se trocados na sua ordem.