FLORBELA ESPANCA E A SUA OBRA

FLORBELA ESPANCA E A SUA OBRA

16604-B1


BORGES (Aurélia).— FLORBELA ESPANCA E A SUA OBRA. 1ª edição. 1946. Edições Expansão. Lisboa. 12,5x19 cm.  117-VII págs. B.

“Este meu livro não tem  pretensão de ser uma análise crítica nem um estudo profundo, inédito e valioso sobre a grande Obra literária de Florbela Espanca. É, a bem dizer, um livro de memórias, de impressões e é, sobretudo, uma homenagem à minha melhor amiga, à Artista sublime que um dia se debruçou sobre a minha mesa de estudo (eu tinha então treze anos) e, pegando nuns versinhos que eu rabiscava às escondidas, me deu a primeira lição de estatística e corrigiu esses versos, incitando-me a trabalhar, a fazer algo de melhor. Foi sob a sua protecção que eu levei à imprensa nortenha as minhas primeiras produções poéticas. (...)”. — retirado da Nota de Abertura.

Ilustrado com fotogravuras impressas em folhas intercaladas no texto.

Manchas de acidez, próprias do papel, na capa da brochura traseira, bem como carimbo a óleo na mesma.