ESTUDOS ETNOGRÁFICOS

16130-L1


CASTRO (D. José de).— ESTUDOS ETNOGRÁFICOS. AVEIRO. I Tômo: Moliceiros. II Tômo: Pescadores; III: Lavradores; IV: Marnotos e Embarcações Fluviais; V: Indústrias Populares. 2ª parte: Feiras e Mercados; VI: Culto Religioso. Usos e Costumes. Capas, desenhos e fotografias do autor. Obra editada pelo Instituto para a Alta Cultura. 7 tomos. 26x35 cm. B. + estojo.

“Com o tômo presente, MOLICEIROS, inicia-se, por uma das mais características ocupações do litoral português, a publicação de Estudos Etnográficos coordenados sob o patricínio do Instuto para a Alta Cultura. Capa Povo tem, no seu molde etnográfico, a melhor expressão de personalidade. Lição e resumo das Tradições e da Posição Geográfica de qualquer povo no Mundo, êste molde, que em si mesmo revela a essência e projecção do espírito popular que o anima e exterioriza, é o mais imediato aspecto de identificação na sua vida de relação com os outros povos. Coordenar, para divulgação e estudo, os elementos que constituem o molde etnográfico português, é o objectivo imediato dos trabalhos de investigação em curso que tiveram, por campo inicial de acção, a área do Distrito Administrativo de Aveiro. MOLICEIROS, o primeiro dos seis tomos, em que se desenvolvem as investigações ali realizadas, refere a mais rica das indústrias populares daquela região que é simultâneamente um dos mais belos aspectos da etnografia do País (...)”

Belíssima  e rara colecção de estudos etnográficos consagrados à região de Aveiro, numa cuidada edição em folhas soltas, profusamente ilustrada com belos desenhos a negro e a cores, numeradas de I a LXI, e de centenas de fotografias.

As estampas XLI, LI, LII e LV não foram publicadas, tendo sido publicadas duas, por lapso, com o número XLV.

Colecção completa, difícil de reunir.

Todos os fascículos preservados em estojo de cartão.