ESTUDO DA SIGILOGRAFIA MEDIEVAL PORTUGUESA (O)

ESTUDO DA SIGILOGRAFIA MEDIEVAL PORTUGUESA (O)

15783-B1


TÁVORA (D. Luís de Lencastre e).— O ESTUDO DA SIGILOGRAFIA MEDIEVAL PORTUGUESA. Ministério da Educação. (1983). 17,5x24 cm. 353-VII págs. B.

“(...) Não; a nossa Sigilografia não é pobre apesar de ter sido indubitavelmente empobrecida pelo vergonhoso abandono a que esteve sujeita por parte da esmagadora maioria dos arquivistas e investigadores portugueses no decurso dos derradeiros 150 anos. Posso mesmo afirmar, com pleno conhecimento de causa, que ela é perfeitamente comparável à de qualquer outro país europeu, superando até a de muitos, no tocante À gravação artística, equilíbrio de formas, sóbria riqueza de motivos e variedade (...)” — retirado de Explicação Prévia.

Obra dividida em duas partes: I - Panorama dos estudos sigilográficos no nosso País e normas para a sua sistematização; II - Esboço de um CORPUS esfragístico Medieval Português.

Profusamente ilustrada em folhas intercaladas no texto e com a relação detalhada de mais de 500 selos medievais referindo para cada um a sua nomenclatura, material, formato, tipo de gravação, caracteres epigráficos, datação, origem e descrição emblemática.

Capa da brochura com ligeiros sinais de manuseamento.