ENSINO DA FARMÁCIA

ENSINO DA FARMÁCIA

11245-LL


SILVA (Pedro José da).— ENSINO DA FARMÁCIA Em Portugal e nas Principaes Nações da Europa. Lisboa. Typographia Franco-Portuguesa. 1866. 12x19 cm. XVII-I-278-II págs. E.

“Com o proposito de sair dos logares communs a respeito das cousas da minha profissão no meu paiz,fui pouco a pouco inquerindo e investigando tudo, que me podessse esclarecer; fazia-o mais pelo desejo de me orientar, do que pela lembrança de chegar a reunir copiosas noticias, materiaes e factos ignorados ou desconhecidos, para compor um livro; (...) Pondo ordem à enorme massa dos meus apontamentos, como o leitor terá occasião de suspeital-o, ao passar pela vista esta memoria, ocorre-me lembrança de dar-lhe publicidade, para cumprir com um dever. (...) O meu trabalho fará sobressair a lição do passado. À imparcialidade impõe-se o rigoroso dever de narrar os successos, como elles se passaram, e não como os tece um romancista; substituo, por isso, sempre que posso, o testemunho dos documentos ás bellezas d’estylo, que não possuo (...)”.

Primeira edição desta obra considera em Portugal como a primeira grande obra de investigação sobre a História da Farmácia.

Do índice: I - Antigas leis da pharmacia portugueza; II - A antiga pharmacia portugueza considerada pelo lado scientifico; III - A taxa dos medicamentos desde o tempo dos arabes até ao presente; IV - O commercio das drogas e especiarias da antiga Índia portugueza; V - Antigos bemfeitores da humanidade enferma; VI - Fructos d’uma posição simuladamente privilegiada; VII - Antigos pharmaceuticos portuguezes; VIII - Synopse chronologica da legislação patria relativa à pharmacia; Appendice.

De raro aparecimento no mercado.

Encadernação In-Libris Officina em veludo, gravada a laser na pasta da frente e lombada e a seco na pasta traseira. Restauro na folha de anterrosto.