EGOÍSTA (nº25)

19441-L2
  • 25,00 €


EGOÍSTA. Director: Mário Assis Ferreira. Editora: Patrícia Reis. Design: Henrique Cayatte. Propriedade de Estoril - Sol SA. 2005. 23x29 cm. B.

“Os gregos chamavam-lhe ‘Polis’: mais do que a mera circunscrição territorial, a cidade helénica era a emanação de uma filosofia associativa, a comunidade cívica, política e religiosa que certificava, por nascimento e pertença, o estatuto de cidadania. Essa Cidade, moldada no arquétipo conceptual da antiguidade clássica, poderia ter sido o mote inspirador desta edição. Mas, afinal, a Cidade da Egoísta não existe: ela habita, tão somente, na nossa imaginação; reside, apenas, na resposta às nossas interrogações; depende, em exclusivo, dos nossos anseios estéticos, literários, filosóficos (...). ” — retirado de A Cidade e a Utopia da autoria de Mário Assis Ferreira.

Vigésimo quinto número desta revista trimestral institucional, da sociedade Estoril Sol que completou 18 anos de existência em Março de 2018, constituída por uma equipa coesa e vencedora de vários prémios https://www.publico.pt/2006/12/18/jornal/egoista-como-se-faz-uma-revista-cacadora-de-premios-112870.

Neste número: Henrique Cayatte; A noite, por Pedro Colombo; E se não houvesse terramoto?, por Rui Tavares; O lugar da utopia, por António Mega Ferreira; Augusto Brázio; Simplicidade, por Carlos Tamm; Lisbon Stories, por Luís Pedro Cabral e Sandra Roha; Cidade, por Fernanda Câncio e Abílio Leitão; Uma casa na árvore, por José Carlos Carvalho; Talvez por certo..., por José Miranda Justo e Hugo Canoilas; A cidade até ao fim, por Carlos Pinto Coelho; Berlim, por Gonçalo M. Tavares e Ana Luzia Raposo; Rui Calçada Bastos; A cidade das mil bombas, por Samira Ali; Alfredo Cunha; NY82, por António Pedro Ferreira; Cidade das cidades, por Isabel Pinto e Manuela Furtado; O fio da memória, por Margarida Magalhães Ramalho; O café do outro lado da rua, por Ana Sousa Dias e Cláudia Fisher; Dança com letras, por Júlio César e Reportagens Alarcon; Urbana, por Naná Sousa Dias; Csino Lisboa, por Atelier Fernando Jorge Correia,