D. JOÃO E A MÁSCARA - Loja da In-Libris

D. JOÃO E A MÁSCARA

20340


PATRÍCIO (António).— D. JOÃO E A MÁSCARA. Uma Fábula Trágica. Lisboa. Livrarias Aillaud e Bertrand. 1924. 12x18,5 cm. 229-III págs. B.

“D. João, para mim, é o instintivo religioso, o amoral místico, o estranho irmão de Madalena e Kundry. Colo êle diz na minha fábula ao Conviva de Pedra: um possesso de eterno. Esta grande figura, do potencial trágico mais alto, tem sido interpretada muitas vezes; e no complexo do seu galbo heróico, tão rico de significação e de patético, é — suponho eu — inesgotável. Tentaram julgá-la, até puni-la. Eu por mim, mais simplesmente, tive de a dizer porque a amei e o meu amor quis exprimir-se em scenas (...)”.— retirado de D. João, para mim...

Primeira edição de uma das mais assinaláveis obras de António Patrício.

Capa da brochura de Almada Negreiros.

Capas da brochura com manchas de acidez, próprias do papel.