CONHECIMENTO PRÁTICO DOS MEDICAMENTOS, OU NOVA FARMACOPEIA - Loja da In-Libris

CONHECIMENTO PRÁTICO DOS MEDICAMENTOS, OU NOVA FARMACOPEIA

18267-LL-1
  • 750,00 €


LEWIS (M.).— CONHECIMENTO PRATICO DOS MEDICAMENTOS, OU NOVA PHARMACOPÉA que Comprehende: I - A Chymica Pharmaceutica: II - Os nomes, descripção, qualidades, propriedades, virtudes, dóses e usos Medicamentos simplices: III - As preparações e composições das Pharmacopéas de Londres, Edimburgo, etc. IV - As formulas ou receitas escolhidas dos Hospitaes Inglezes, as dos Medicos mais acreditados, etc. Por... Traduzida , correcta, e augmentada de notas por CAETANO JOSÉ DE CARVALHO, Boticario da Corte. Lisboa: Na Impressão Regia. 1815. 14,5x20 cm. 2 vols. 557-III e 533-XV págs. E.

“Quando o Auctor compoz esta Nova Pharmacopéa, tal como ella he na primeira edição, publicada em 1756, propunha-se, e empenhava-se em fazer hum Tratactado completo da Pharmacia Prática e Philosophica, que se fundasse nos principios Chymicos e Medicinaes, conformes aos que tinhão adoptado os Medicos de Edimburgo, e de Londres; que abrangesse em huma ordem natural e facil os processos das Preparações, e Composições Pharmaceuticas, descriptos com clareza, e acompanhados de todas as individuações, que a experiencia mostra necessaria ou uteis; finalmente, hum tractado que assignasse a todos os Medicamentos, com a maior exactidão, e precisão possiveis, as virtudes, qie elles possuem realmente, e os usos para que são proprios. Ainda que estes diversoso objectos sejão da maior importancia para o merecimento das obras de Pharmacia, e materia Medica, com tudo não parecião terem sido desempenhados nas Pharmacopéas, que se tem publicado até ao dia de hoje. Teve o Auctor a satisfação de ver o seu plano approvado, e os seus esforços applaudidos; (...)” — retirado  do Prefacio.

Tradução desta importante obra de vulgarização, acrescentada de importantes notas do seu tradutor, Caetano José de Carvalho, que na sua Advertencia diz o seguinte: “(...)Demonstrada a utilidade da Chymica-Pharmaceutica, segia-se a urgencia de vulgarizar huma Obra, que trata cabalmente da natureza, effeitos, e virtudes dos Medicamentos, e das suas preparações, e composições. E em qual melhor póde o Prático achar reunidos os principios, e conhecimentos, que lhe são indispensaveis no exercicio quotidiano de sua Profissão, sem a fadiga de consultar grande numero de Authores de Pharmacia, Materia Medica, e Formularios? Tal he a vantagem que possue o Conhecimento Prático dos Medicamentos, por M. Lewis (...)”.

Encadernações da época, em inteira de pele, denotando uso. Carimbo a óleo no frontispício dos dois volumes. Assinatura de posse, antiga,  na página de anterrosto e rosto dos dois volumes.