Livro - COISAS DE TEMPOS IDOS AS MINHAS MEMÓRIAS

COISAS DE TEMPOS IDOS AS MINHAS MEMÓRIAS

L22R-L1
  • 35,00 €


CUNHA LEAL.— COISAS DE TEMPOS IDOS AS MINHAS MEMÓRIAS. Romance duma época, duma família e duma vida de 1888 a 1917. Edição do autor. Lisboa. 1966. (Tipografia Leandro, Lda.).15,5x21,5 cm.  369-III págs. B.

“O livro que me proponho escrever, vai ser a resultante dum conjunto de afectuosas, mas insistentes pressões familiares. Entendem os meus filhos que a personalidade do pai tem sido desvirtuada mercê de observações sistemàticamente eivadas de leviandade ou até má fé. Julgam que constitui para mim obrigação indeclinável dizer de minha justiça em causa própria, mostrar ao meu país com honrada sinceridade o que sou, o que fiz e o que pretendi, mas não me deixaram fazer. Em suma, incitam-me nada mais, nada menos do que a escrever as minhas memórias! (...)”

Do índice: Primeira Parte: Os Caboucos duma Personalidade — I - O meu habitat; II - A vida social em dois pequenos burgos no dealbar do século XX; III - A minha família; IV - A minha infância. Segunda Parte:  A Carreira de um Escolar Provinciano — I - Dois anos no liceu albicastrense; II - O complemento alfacinha da minha instrução secundária; III - Três anos na Escola Politécnica; IV - O complemento da minha carreira escolar:  quatro anos na Escola do Exército. Terceira Parte: Tacteamentos e incertezas no Delineamento das Directrizes duma Vida — I - Um escasso ano e meio de profissionalismo militar; II - Na portentosa Angola; Adenda final.

Primeiro volume dos três que o autor dedica às suas Memórias.