COIMBRA TU ERAS DANTES

COIMBRA TU ERAS DANTES

20091-L2
  • 25,00 €


MATOS (A. Alexandre de).— COIMBRA, TU ERAS DANTES... Lisboa. 1940. 12,5x19,5 cm. 245-II págs. B.

“Ano áureo, êste, do duplo centenário de Portugal, dois Jubileus de Glórias, iluminadas pelo sol de admiráveis realizações nacionais: — Fundação e Restauração. Pelos rapazes que foram do meu curso de Teológico-Jurídico, todos êles excelentes patriotas (...) quero exaltar, também, um outro centenário:— o das nossas formaturas na Universidade de Coimbra (...)”.— retirado da dedicatória.

Curioso livro de memórias académicas, em prosa e verso, que inclui ainda poesias de Augusto Gil, Fausto Guedes Teixeira, Gonçalves Cerejeira, Tomás Ribeiro, João de Lemos, Cândido Guerreiro, António Homem de Mello, Alberto de Monsaraz, entre outros.

Pequena rubrica de posse no canto superior esquerdo da página 100.