CERCO DO PORTO (O)

CERCO DO PORTO (O)

20431-L2


OWEN (Coronel).— O CERCO DO PORTO, Contado por uma testemunha o Coronel Owen. Com documentos novos. (2ª edição - 3º milhar). Prefácio e notas de Raul Brandão. Editores Renascença Portuguesa - Porto. (1920). 12,5x19 cm. 348-II págs. B.

“Este velho livro teve sempre para mim um grande encanto. Antes de o ler, ouvi-o da bocca da minha avó, miguelista ferrenha, que me contava, sentada no banco do quintal, a guerra dos dois irmãos. A casa onde vivo está cheia de mortos: pouso as mãos nos fechos das portas onde elles punham as suas... — alli — dizia ella — estava Paulo Cordeiro; acolá, no bico do cabedello, uma bateria miguelista, mais além um reducto... — N’este sitio o rio espraia-se como um lago. Azul... Uma lancha poveira entra na barra (...)”.— retirado do valioso e extenso Prefácio de Raul Brandão.

Obra ilustrada nas páginas de texto deste importante documento para a história dos acontecimentos acontecidos na cidade do Porto no século XIX.

Parcialmente por abrir.