Loja da In-Libris

CÂNTARO QUE VAI À FONTE...

02657-R-L1

CUNHA LEAL.— CÂNTARO QUE VAI À FONTE... Edição do autor. Lisboa. Julho de 1963. 12x19 cm. 240-VIII págs. B.

“(...) E para tanto, este livro pretende definir, entre outras coisas, a psicologia dos dirigentes, que, em meu entender, estão infelicitando o país(...)”

Do índice: I - Os paradoxos da vida contemporânea; II - Em que se fala de autocracia e da teoria do ressentimento; III - Na floresta dos enganos; IV - Portugal e as suas deficiências técnicas e culturais. Anexos - O meu combate visto por um português, dois espanhóis e um columbiano.

Integrado na colecção Coisas do Tempo Presente.

Por abrir. 

Liquid error: Could not find asset snippets/punchtab-snippet.liquid