CADERNOS DE LITERATURA

CADERNOS DE LITERATURA

17472-B1-001
  • 375,00 €


CADERNOS DE LITERATURA. Instituto Nacional de Investigação Científica. Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra. Coimbra. 1978-1986. Directora: Andrée Rocha. Redacção: Andrée Rocha, Carlos Reis, João Lopes, Clara Crabbé Rocha. 25 números 19x25 cm. B.

“Esta revista, modestamente intitulada Cadernos de Literatura, pretende tornar imediatamente possível um salutar convívio da Universidade com a arte viva, autores vivos e perspectivas actualizadas de crítica e de teoria literária. Sem dissociar a ciência específica do discurso literário daquilo a que Barthes chamou o ‘prazer do texto’ — pois as congeminações, por vezes delirantemente teóricas, que o nosso tempo de reduzidas potencialidades criadoras viu proliferar, não tardarão em atingir um estéril movimento de ‘roda-livre’—, não descurará tentativas de comunicação didáctica da escrita, e, até, da sua fruição. Para isso, conta, entre outras coisas, com a estimulante presença de páginas inéditas de autores consagrados, ainda não oneradas por metalinguagens escolares, categóricas e sem margem para desvios heterodoxos, e fornecendo, pelo contrário. às faculdades críticas e à imaginação recriadora de cada leitor, um alimento fresco, que possa saborear em plena pureza e em plena liberdade. (...) A revista acolherá também com alegria jovens poetas ou prosadores, universitários ou não. (...) Finalmente, pretende oferecer a um público vasto, avesso a sobrecargas de erudição ou de pedante hermetismo, reflexos duma cultura em devir, e instrumentos que facilitem a sua apreensão (...)” — retirado do Editorial.

Publicação constituída por 25 números, que vieram a lume entre 1978 e 1986, tendo importante colaboração de nomes como:  Sophia de Mello Breyner, Miguel Torga, Eugénio de Andrade, Augusto Abelaira, Mário de Andrade, Albano Martins, Ana Maria Delgado, António Rebordão Navarro,  António Ramos Rosa, João Barge, Maria Helena da Rocha Pereira, Casimiro de Brito, Agustina Bessa-Luís, João Manuel Mendes, Eduardo Lourenço, Arnaldo Saraiva, Jacinto Prado Coelho, Alexandre O’Neill, António Osório, João Gaspar Simões, Vasco Lima Couto, entre muitos outros.