BODAS VERMELHAS - Loja da In-Libris

BODAS VERMELHAS

16330-P


MELO (Pedro Homem de).— BODAS VERMELHAS. Editorial Domingos Barreira. Porto. S.d. (1947). 13x18,5 cm. 171-I págs. B.

“(...) Não precisa Pedro homem de Mello, poeta de alta estirpe, justamente considerado um dos mais representativos cultores do moderno lirismo português, de que falem dele aos seus leitores fiéis, — que são todos aqueles que algum dia abriram, encantados, um livro seu (...)” — do Prefácio de Júlio Dantas.

Primeira edição, desde logo esgotada.

Valorizado pela dedicatória do autor.