BANQUETE

17992-L2-006


BANQUETE. Revista Portuguesa de Culinária. Directora: Maria Emília Cancella de Abreu. Administrador: Carlos Tavares Bastos. Chefe de redacção e editor: António Oliveira Romero. Composto e impresso nas Oficinas Gráficas Manuel A. Pacheco Lda. Lisboa. 1960-1974. 22x31 cm. 174 números Enc. em 6 volumes.

“É do conhecimento geral que a história dos povos está directamente relacionada com a tradição e que esta se encontra ligada à arte de bem cozinhar. Aos povos selvagens e às nações jovens, que não têm tradição nem história, falta-lhes, igualmente, a noção do que é a boa cozinha. A arte culinária — e já o ‘Club des Cents’ considerada o cozinheiro não como um trabalhador mas um artista — é, também, elemento de primordial importância nos tempos de hoje, onde o turista civilizado que procura uma bonita paisagem e a comodidade de um bom hotel, exige, com o mesmo interesse, uma boa mesa e bem fornecida garrafeira. (...) Por todas estas razões nos parece não ser descabido o aparecimento desta revista, que surge sem pretensões e ùnicamente com a finalidade de ajudar as donas de casa na preparação das suas ementas, quer estas sejam simples ou de alta cozinha, de execução rápida ou demorada, económicas ou dispendiosas. Como a tradição o exige, uma secção é destinada a receitas portuguesas, não esquecendo que Portugal vai desde a vizinha Valença do Minho até o longínquo Timor; noutras pormenorizam-se receitas do mês, os pratos de cerimónia ou aqueles que são necessários confeccionar de um momento para o outro. Atendendo ao interesse que a culinária sempre despertou nos homens  de letras, inclui-se um capítulo — ‘A culinária na literatura portuguesa’ — onde se transcrevem trechos dos principais autores da nossa terra que descrevam almoços ou jantares, procurando-se, em seguida, adaptar receitas a essas mesmas transcrições. Haverá também a ‘Página dos Chefes’, para que os grandes cozinheiros dos principais hóteis e restaurantes de Portugal, confiem aos leitores de BANQUETE , alguns dos seus segredos; e, ainda, ‘Segredos de um Gastrónomo’ conversas com personalidades marcantes da nossa sociedade, que, simultâneamente  sejam bons apreciadores da boa mesa, o ‘Consultório’ secção onde se responderá a todas as dúvidas culinárias que possam surgir no espírito das leitoras e leitores desta revista, e mais outras secções que, a pouco e pouco, irão tendo realidade (...)”.

Profusamente ilustrada.

Encadernações em percalina. Preservam as capas das brochuras.

Save