Livro - ARTE DE FURTAR

ARTE DE FURTAR

10146-L1
  • 65,00 €


VIEIRA (Pe. António).— ARTE DE FURTAR, Espelho de enganos, Teatro de Verdades, Mostrador de horas minguadas, Gazua Geral Dos Reinos de Portugal... Décima edição, prefaciada, actualizada, anotada e revista por Jaime Brasil, com notas históricas, filológicas e bibliográficas acêrca das diversas edições e autoria desta obra. 1937. Livraria Peninsular Editora. Lisboa. 12x19 cm. 400 pags. E.

“(...) Fidelino de Figueiredo disse, ao apreciar a obra em questão: A Arte de Furtar é uma admirável reportagem de factos através das altas esferas da administração e da justiça, dentro da estrutura de um paradoxo: antiguidade, nobreza e universalidade do roubo. A sua linguagem, — acrescentou o mesmo crítico — da mais castiça e da menos eivada de culteranismo, tem uma fluência contínua, unidade de inspiração e pensamento, leveza e variedade de tons que atestam larga prática da arte de escrever.(...)”.

Encadernação com lombada e cantos em pele. Anotada, com caligrafia antiga, na página de anterrosto. Assinatura de posse na página de rosto e na primeira página.