ASTROLÁBIOS MECÂNICO E DE SOL

ASTROLÁBIOS MECÂNICO E DE SOL

19621-B1


CABREIRA (António).— ASTROLABIOS MECANICO E DE SOL. Metodo d’obter  as coordenadas geograficas em qualquer altura do astro. Lisboa Oficinas Gráficas da Biblioteca Nacional. 1923. 15,5x23,5 cm. 26-II págs. B.

“Para que o sextante e o teodolito não adquiram dimensões colossaes, adicionam-se-lhe o nónio e a lupa, que, aliás, apenas chegam à divisão máxima de 10 segundos do grau. Recorrendo às táboas, avança-se no resultado, mas à custa de erros apreciáveis. Todavia, o que a Optica e o Cálculo não atingiram, em detalhe e precisão, parece-nos poder consegui-lo a Mecânica, pela fecunda teoria da engrenagem, que permite multiplicar e reduzir, matematicamente, qualquer movimento. A exposição que se segue pretende estabelecer um nono Astrolábio visando medir, directamente, os angulos verticaes e horizontaes, até aos segundos do grau (...)”.— retirado da Introdução.

Trabalho ilustrado, apresentado à Academia das Sciencias de Lisboa.

Com um retrato  do autor impresso em folha à parte.