CRIMES DA FORMIGA BRANCA

CRIMES DA FORMIGA BRANCA

18586-LL1
  • 200,00 €


CRIMES DA FORMIGA BRANCA. Confidencias veridicas e sensacionaes d’um Juiz de Investigação- Publicação semanal de 16 páginas. 1915. Lamas & Franklin. Lisboa. Editor: 5 fascículos. 1915. B.* Estojo

“Durante o tempo que, como juiz de investigação criminal tive, por assim dizer, nas mãos, os complicados fios condutores cujos extremos tocavam as combinações tenebrosas que se desenrolavam quer nos basfonds, da capital quer nas sédes misteriosas d’algumas associações secretas, nada apaixonou o meu espirito como a formação lenta e inteligente d’essa seita intitulada A Formiga Branca. (...) Pretendendo — a exemplo das demais seitas — esconder os seus torpes designios sob o rotulo da politica não tardou a desmascarar-se por completo perante as investigações exátas que eu exigira ao meu agente secreto Raposa e que ele todos os dias fielmente trazia ao meu gabinete de trabalho (...)”. — retirado de Ao Leitor.

Curiosa publicação, onde se denunciam crimes de uma  seita, com suposta ligação ao Partido Republicano Democrata, e cujo juiz denunciante não aparece identificado.

Colecção completa desta publicação, com apenas cinco números, que teve como editores: no nº1 e nº2 J. Rocha Junior, no nº3, J. Diogo Peres, no nº4 e nº5 Victor Alcantara.

A colecção encontra-se preservada em estojo In-Libris Officina em inteira de material sintético numa boa imitação de pele, gravado a laser com cantos decorativos em metal.