COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

18183-B1-001
  • 250,00 €


MANSO (Padre).— COMMENTARIOS.  Lisboa. Livraria Central de Gomes de Carvalho, editor. 1901-1903. 7 números. 12x19 cm. B.

“Eis-nos emfim chegados ao momento preciso, anciosamente esperado pelos videntes da antiga e moderna utopia, em que é necessário preparar as condições moraes, sociaes, políticas e economicas do ingresso das multidões no governo das sociedades, definitivamente conquistadas para a democracia. Não ha tempo a perder porque os factos estão cheios d’essa virtualidade ondeante e impetuosa, que, a não canalisal-a no sentido de uma realisação pacifica e prudente, pode de um dia para o outro explodir em vandalismos evitaveis (...) . — retirado de Novos Tempos.

Colecção completa composta por estas sete brochuras, publicadas entre 1901 e 1903 por Joaquim Manso, que se notabilizou como escritor, ensaista e jornalista. Licenciado em teologia, foi enquanto sacerdote que publicou esta sério de Commentarios. Posteriormente e a seu pedido libertou-se dos votos religiosos e obteve o grau de bacharel na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, tendo colaborado em diversos jornais.

Volumes por abrir.