SCIENCE ET VIE (1.º Semestre de 1961)

17007-B1
  • 35,00 €


SCIENCE ET VIE  ̶  1.º Semestre de 1961 (nos. 520, 521, 522, 523, 524 e 525 e ainda o n.º 34 fora de série, “Aviation 1961”). Paris. Science et Vie. 1961. 17x23,5 cm. 7 números. Enc. em I.

A Science & Vie, periódico já mais que centenário que continua presente nos escaparates das nossas tabacarias, terá sido até ao último quartel do século XX uma das principais publicações de vulgarização científica não só no mundo francófono mas também no de língua portuguesa. Os seus artigos, redigidos de forma acessível para um público vasto, além de noticiarem as mais importantes inovações tecnológicas do momento, desde o automobilismo à aviação e dos electrodomésticos à exploração espacial, abordavam ainda os temas candentes da investigação científica em áreas como a genética, a física, a medicina ou a alimentação, permanecendo um interessante repositório para todos quantos se interessam pela história da tecnologia e da ciência, pela cultura científica em geral ou pela iconografia a elas associada.

Neste volume que agrupa os números publicados no primeiro semestre de 1961, destacamos artigos como “Huit écoliers imaginent l’an 2000”, “La Bataille des énergies”, “Le Boeing 727, futur rival de Caravelle?”, “La Dinastie des Barraquer contre la cataracte”, “Le moteur fusée atomique prêt à voler”, “Mercury, Samos, Discoverers, Spoutniks, MAS 2... Deux mois décisifs pour la conquête de l’Espace”, “L’auto ‘propre’ est-elle possible?”, “Vol orbital humain  ̶  Un objectif précis pour les Américains, une experience annexe pour les Russes”, “Comment se pratique en France l’espionnage industriel”, “Une science presque exacte: la graphométrie”, “Vers l’avion de transport supersonique”.

Profusamente ilustrado, com algumas fotos a cores.

Encadernação da época com lombada e cantos em pele, aceitável. Carminado à cabeça e aparado um pouco curto, com prejuízo de alguns cabeçalhos, tabelas e legendas, mas em bom estado geral. Apresenta páginas com sublinhados a cor.