Arquitectura gótica em Portugal

21262-B1
  • 80,00 €


CHICÓ (Mário Tavares) & NOVAIS (Mário).— A ARQUITECTURA GÓTICA EM PORTUGAL. Editorial Sul Limitada. Lisboa. (1954). In-fólio de 222-II págs. E.

“A época da expansão da arquitectura gótica é uma das mais brilhantes da arte europeia. É a época em que na França e na Inglaterra, nos países escandinavos e na Península aparece um estilo que é novo sob os aspectos da estrutura e da decoração e que constitui uma das manifestações mais originais da civilização ocidental. Depois de descrever os monumentos que representam a fase inicial da Arte Gótica no nosso país, o autor de A Arquitectura Gótica em Portugal estuda as igrejas das ordens mendicantes e a sua influência no Mosteiro da Batalha e em numerosas igrejas manuelinas. Analisa ainda as construções renascentistas em que se mantêm vestígios estruturais e decorativos do novo estilo e a escultura que aparece nos princípios do século XIII e adquire considerável importância no fim na Idade Média e no reinado de D. Manuel”.

Plano Sumário da Obra: Introdução; I - As principais experiências estruturais e decorativas e os grandes monumentos do século XIII; II - A arquitectura do século XIV e o Mosteiro da Batalha; IV - Os monumentos do século XV; V - A arte portuguesa do gótico final e o estilo manuelino; VI - A persistência das forças góticas na arquitectura do Renascimento em Portugal Continental e Ultramarino. Índices, Bibliografia.

Obra inicialmente publicada em fascículos, composta por 13 tomos, com elevado número de gravuras, plantas e desenhos de pormenor, na sua maior parte da autoria de Salgado Dias. Em extra-texto é enriquecida com 14 reproduções de desenhos, gravuras e litografias de artistas consagrados portugueses e estrangeiros.

De referir ainda que desta obra se fizeram três tiragens: normal, especial para bibliófilos e bilingue. “A tiragem especial para bibliófilos, é a única bilingue destinada a Portugal, seu Ultramar e Brasil.” Tradução de Jorge Peniche Rosa.