Lógica Racional — Manuel de Azevedo Fortes

21351-B1
  • 700,00 €


FORTES (Manoel de Azevedo).— LOGICA RACIONAL geometrica, e analitica, obra utilissima e absolutamente necessaria para entrar em qualquer sciencia, e ainda para todos os homens, que em qualquer particular, quizerem fazer uso do seu entendimento, e explicar as suas idéas por termos claros, proprios, e intelligiveis. Lisboa. na ffic. de Jozé Antonio Plates. M.DCC XLIV. 20x29,5 cm. XL-151-I-270-224-II págs. E.

É composta a obra por três partes: “Da lógica racional”; “Da lógica geométrica” e “ Da lógica analítica”

Preserva o retrato de D. Antonio Infante de Portugal.

Ocupa-se do ensino de lógica, geometria, aritmética e álgebra. Azevedo Fortes "nunca deixou de propagar a necessidade de fomentar os estudos matemáticos, cartográficos, arquitetônicos e de engenharia de campo. Embora Dom João V nem sempre fornecesse recursos suficientes para tais serviços ... alguns trabalhos notáveis foram realizados por engenheiros militares portugueses de 1720 em diante ... Presumivelmente a pedido de Azevedo Fortes, Dom João V decretou em 1732 que cada regimento de infantaria deveria conter uma companhia cujos oficiais fossem engenheiros profissionais "(Boxer, The Golden Age of Brazil, p. 297). O autor foi educado em Madrid desde os 10 anos, na Universidade de Alcalá de Henares, e na França no College de Plessis. De regresso a Portugal, em 1719, foi nomeado Engenheiro-Chefe, cargo que ocupou até à sua morte 30 anos depois, e foi membro da Real Academia de História, fundada por D. João V em 1720.

Peça rara de colecção, apresentando muito boa conservação apesar da vetusta idade.

Existe um exemplar na Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin que pode ser consultado aqui: https://digital.bbm.usp.br/handle/bbm/2264

Apresenta uma bonita encadernação da época, inteira de pele decorada a ouro na lombada.