TALASSOCRACIA

TALASSOCRACIA

16815-B1
  • 30,00 €


IRMÃO VIGILANTE [ESTEVAM (José)].— TALASSOCRACIA. 1.ª edição. Colecção Curiosa. Lisboa. 1954. 13x18 cm. 103-I págs. B.

“Ouve-se a cada passo que o 5 de Outubro foi um ‘bambúrrio da sorte’ — e nada há de menos acertado do que esse circunlóquio político.
Divulgou Camilo Castelo Branco, em A queda de um anjo, que os liberais juravam acatamento à Religião e ao Estado, conquanto se jactassem de ateus; jurando obediência ao Rei, injuriavam-no nas gazetas; e, jurando fidelidade à Nação, vexavam-na com tributos; e alguns até a queriam fundir com a Espanha.
E aqui está, em epítome, o intróito do Liberalismo, prelúdio longínquo da vitória republicana.
De 1834 a 1910, houve tempo de sobejo para aviltar a Monarquia Democrática, regime que, ao desconhecedor da Monarquia Tradicional, era uma e a mesma instituição.”

Obra em que, sob um ponto de vista tradicionalista, José Estevam apresenta de forma bastante coloquial uma crítica ao sistema da monarquia liberal do século XIX e ao republicanismo que se lhe seguiu no nosso país.

Exemplar em bom estado de conservação, valorizado pela dedicatória do autor.