Loja da In-Libris

REIMPRESSOS CINCO TEXTOS COLECTIVOS DE SURREALISTAS EM PORTUGUÊS DE QUE SÃO AUTORES

03543-C-X

VÁRIOS.— REIMPRESSOS CINCO TEXTOS COLECTIVOS DE SURREALISTAS EM PORTUGUÊS DE QUE SÃO AUTORES ...Tipografia Peres. Lisboa. 1971. 18,5x33 cm. C.

Peça particularmente rara de entre as que constituem a bibliografia portuguesa surrealista.
Integra: “A Afixação Proibida” — 1949, de António Maria Lisboa,  Mário Cesariny, Henrique Risques Pereira e Pedro Oom; “Surrealismo e Manipulação” — 1949, de Mário Cesariny e Mário Henrique Leiria; “Aviso a Tempo por Causa do Tempo” — 1950, de António Maria Lisboa; “Para bem Esclarecer as Gentes...” — 1951 de Mário Henrique Leiria e Mário Cesariny; “Não Há Morte na Morte de André Breton” — 1966, de Mário Cerariny; “Para bem esclarecer as gentes que continuaram à espera...” — 1970, “Hors-texte colado à lombada da capa. Mário Cesariny, Mário Henrique Leiria, Artur Manuel do Cruzeiro Seixas (...) A presente colagem leva a emenda, proposta por Cruzeiro Seixas e aqui feita à mão, da palavra “vapor” com a palavra “pavor”.
“Editado por Mário Cesariny de Vasconcelos e por Artur Manuel do Cruzeiro Seixas em tiragem limitada a 250 exemplares (...)” este não numerado.

Textos conservados em pasta de cartolina própria, com a impressão das assinaturas dos cinco intervenientes, na capa. 

Liquid error: Could not find asset snippets/punchtab-snippet.liquid