RÉGUA — PRINCESA DO DOURO

14828-LL1
  • 285,00 €


 RÉGUA — PRINCESA DO DOURO. Edição de J. Alcino Cordeiro. Régua. 1946-1966. (17 números). E.

“Não raramente, a nossa fantasia, em concepções geralmente ridículas, se deixa levar a ponto de admitirmos a existência de terras superiores à Régua nesta velha província de Trás-os-Montes — Pura ilusão!... Os factos, apreciados à luz da verdade, demonstram-nos que ela ocupa o primeiro lugar nos campos comercial e agrícola, em estatística demonstrado, por meio de números de valor indiscutível. Capital da Região Duriense, de terreno e sol magníficos para a produção de vinhos, do Porto, centro ferroviário colocado acima de qualquer meio para leste e norte de Campanhã; cruzamento de estradas importantíssimas, uma das quais ligando as antigas províncias de Trás-os-Montes e Beira Alta por enorme e valiosa ponte de ferro; rede telefónica dobrando o número de instalações da Capital da Província e de rendimento maior; cais fluvial de onde partem e chegam, anualmente, centenas de barcos rabelos, conduzindo vinho, são elementos que, por si só, confirmam as palavras de abertura do pequeno e simples artigo a cuja leitura me propuz (...)”.

Revista com diversos artigos sobre a Régua, de cariz monográfico e etnográfico, trazendo poemas, música, etc.,  ilustrada com reproduções fotográficas e com muitas páginas de interessantíssima publicidade.

Colaboram: Alberto Valente, António Coutinho, José Pinto de Miranda Guedes, Fernando Augusto Bandeira, Luís Veiga Leitão. J. Gomes Dias, Maria Isabel Coutinho, António Caldeira de Magalhães, entre muitos outros.

Ao lote faltam os números correspondentes aos anos de: 1947, 1952, 1953 e 1954.

Encadernação IN-LIBRIS OFFICINA em inteira de pele de porco, decorada a laser na pasta da frente e rótulos e nervuras na lombada. Preserva todas as capas das brochuras originais.

 

Save