RÃ NO PÂNTANO

14692-L1


SANTOS (Antonio de Almeida), — RÃ NO PÂNTANO. Contos.  (Lisboa. 1959). 14,5x21 cm. 308-III págs. E.

“A nota dominante em Almeida Santos é o seu realismo, aureolado duma poesia sedenta de justiça social. Em a Rã no Pântano ele vem contribuir de maneira nova e pessoal para a interpretação da vida portuguesa — europeia e africana — dos nossos dias.”

Capa e ilustrações de Tóssan.

Livro proibido pela censura.

Encadernação In-Libris Officina inteira de pele, de textura areada, decorada a laser na pasta da frente e a seco na lombada e seixas.

(Documento retirado de Ephemera, Biblioteca e Arquivo de José Pacheco Pereira e que não faz parte da obra).