PROVÉRBIOS MACUAS

PROVÉRBIOS MACUAS

10204-L2
  • 25,00 €


PROVÉRBIOS MACUAS.— Coligidos pelo Padre Alexandre Valente de Matos da Sociedade Missionário Portuguesa. Lisboa. 1982. (Composto e Impresso na Imprensa Portuguesa). 16x23 cm. 376-IV págs. B.

“Ao estudar os usos e costumes do povo macua, no qual vivi inserido, por razões de apostolado missionário, durante quase 30 anos, interessei-me com particular empenhamento, desde a primeira hora, pela sua língua e, no aspecto da cultura literária, pelos contos, adivinhas, provérbios e danças.(...) Afinal, que são os provérbios, na sua maior parte, senão sementes do Verbo ou lampejos da Verdade Eterna a alumiarem todo um povo peregrino na sua caminhada para Deus? Folheando à sorte, aqui e além, o presente rifoneiro, encontraremos princípios morais a inculcar-nos: prática da justiça, amor à verdade, espírito de generosidade, deferência para com os outros, serenidade nas dificuldades, prudência nas palavras, estima e veneração pelos velhos, prestação de ajuda mútua, desprendimento do coração perante belezas efémeras do Mundo, vanidade de formosura feminina, hábitos de trabalho, (etc., etc., etc.) Saindo este livro de provérbios macuas à luz da publicidade depois de celebrado o sétimo aniversário da independência de Moçambique, apresento-o a todo o povo unido moçambicano como modesto contributo da minha parte, a fim de o ajudar a despertar para uma melhor tomada de consciência sobre os reais valores da própria cultura.”

Todos os provérbios aparecem escritos em língua macua e traduzidos para português.