INDÚSTRIA PORTUGUESA E O CONDICIONALISMO INSTITUCIONAL (A)

INDÚSTRIA PORTUGUESA E O CONDICIONALISMO INSTITUCIONAL (A)

10212-L2
  • 15,00 €


ALMEIDA (PInto).— A INDÚSTRIA PORTUGUESA E O CONDICIONALISMO INSTITUCIONAL. Seara Nova. 1961. 12x19 cm. 64-IV págs. B.

“Não é demais insistir que não é possível compreender os problemas industriais e, de um modo geral, os económicos, nem sobre eles trabalhar se forem desligados do contexto social e político em que se formaram; ou se se ignorar o quadro de relações humanas e as hierarquias e instituições por elas estabelecidas (...). Todos nós sabemos que não falta ao português o espírito de livre empresa, o que não existe são condições dentro do País para que a mesma se realize (...)”.

Importante trabalho sobre a indústria nacional.